AMBURANA

 
 
 
Amburana_cearensis.jpg

amburana - amburana cearensis

Cerejeira, amburana-de-cheiro, imburana, cumaru-do-ceará e cumaré - a amburana é conhecida por diversos nomes pelo Brasil, mas sua origem deriva de “embu”, que em Tupi quer dizer “o que dá de beber, o que tem água”.

Essa árvore brasileira é da família botânica do feijão, do pau-brasil e do jatobá. Ocorre nos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, em áreas de Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica, assim como em alguns países da América do Sul.

Podendo alcançar mais de dez metros de altura e até 80 centímetros de diâmetro, a amburana tem madeira forte, num tom marrom avermelhado, flores branco-amareladas e frutos que liberam até duas sementes por vez.

Sua casca libera óleos que usados na forma de chás e xaropes auxiliam no tratamento de resfriados, tosse, bronquite, asma ou outras alterações pulmonares, e o banho com as cascas cozidas é usado no tratamento de dores reumáticas. As sementes são perfumadas e por isso tem grande uso em cosméticos. A madeira da árvore é resistente e nobre, por isso tem alta procura para esculturas e mobiliário.

Uma vez por ano a amburana perde todas as suas folhas pra iniciar o processo de floração em abril. Em meados de setembro ocorre a maturação dos frutos, que é quando são liberadas as sementes. A árvore entra na idade de floração apenas aos 10 anos de idade. Devido a isso e a exploração irresponsável e desenfreada essa espécie encontra-se em risco de extinção.


barris de amburana

Para a produção da Old Black nós buscamos trabalhar com fornecedores responsáveis que produziram os barris com madeira sustentável de reflorestamento. Esses fornecedores consideram importante o respeito ao processo de floração e frutificação da árvore antes de explorar seus recursos, dando oportunidade para a espécie se reproduzir.

a.png

hdp1_13012016673965369.jpg

plantio das sementes

Para o plantio da semente devemos lembrar: sua amburana vai se tornar uma árvore.
Após alguns meses ela vai precisar de ser transferida para um recipiente com mais espaço que permita seu crescimento saudável, até que ela possa ser colocada no chão, num local com solo o suficiente para que ela se fixe e chegue à fase adulta.

Vamos aos materiais que você vai precisar:

- um recipiente pequeno com água em temperatura ambiente
- dois vasos pequenos, tubetes ou recipientes de sua preferência
- substrato de plantio de semente (você pode encontrar substratos prontos em floriculturas e lojas de paisagismo ou pode fazer o seu seguindo essa receita, considerando o tamanho dos seus recipientes):
1/4 de terra comum de jardim
1/4 de areia ou vermiculita
2/4 de terra vegetal (composto orgânico)
- suas duas sementes de Amburana

- Para dar início ao processo de plantio coloque suas sementes no recipiente com água por pelo menos 24 horas. Esse processo “desperta” a semente para que sua germinação seja possível começar a germinar.
- Após esse período de imersão preparamos o vaso que vai receber o plantio.
- Preencha cada recipiente com o substrato escolhido por você para o plantio deixando 5 ou 6 centímetros vazios.
- Coloque um semente em cada vaso e cubra com até 3 centímetros de substrato.
- Umedeça a terra dos dois SEM ENCHARCAR.
- Coloque os vasinhos em um local que recebe pelo até no máximo uma hora de sol todos os dias. A germinação deverá ocorrer entre 5 até 30 dias e seu crescimento deverá ser de até 15cm em até 3 meses.

Fique atento ao crescimento da planta e sua necessidade de replantio - ela vai precisar de espaço para crescer e isso deverá acontecer em alguns meses.

Para mais informações, visite esses links sobre a amburana:
https://www.ipef.br/identificacao/amburana.cearensis.asp
https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/189885/1/Livro-Nordeste-732-739-2018.pdf
https://arvores.greennation.com.br/species/40